Meus Livros de Poesias

Meus Livros de Poesias
Quem conhecerá os mistérios do coração que ama?... Há, ou haverá uma receita para uma felicidade plena e um amor imortal?... Quantos pensamentos temos e quantas perguntas podemos fazer ou responder quando estamos verdadeiramente envolvidos em sentimentos que nos arrebatam?... O poetar de um coração apaixonado que se nega a desistir do seu amor muitas vezes fala em metáforas para expressar os seus sentimentos, mas acima de qualquer coisa e em qualquer situação, declara esse amor aos quatro ventos!... E aqui um coração entre outras formas, fala em metáforas para fazer declarações de amor; um amor que o tempo e a distância não foi capaz de apagar.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Metade de mim!...


Metade mim é riso...
Metade de mim é pranto!
Metade de mim é desejo...
Metade de mim é desencanto!
Metade de mim é vida...
Metade de mim é morte!
Metade de mim é luz...
Metade de mim é treva!
Metade de mim te ama...
Metade de mim te odeia!
Metade de mim é silêncio...
Metade de mim é grito!
Metade de mim é frio...
Metade de mim é calor!
As duas metades, porém,
Não vivem sem o teu amor!

2 comentários:

  1. Bela poesia Cícera!

    Beijocas em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  2. Amei sua poesia amiga poetisa,seus blogs tbm,muito lindos,bjs no coração!!!

    ResponderExcluir